FIOS E CABOS ESPECIAIS

A demanda por energia e recursos de telecomunicações é crescente gerando a necessidade constante de ampliação e reforma da infraestrutura da rede de fios e cabos, onde requerem investimentos de longo prazo.
O portfólio da Karina oferece produtos de alta qualidade e tecnologia em compostos para isolação, revestimentos e aplicações especiais de acordo com as necessidades do cliente e do projeto.
Oferecemos compostos nas mais diversas bases poliméricas, sendo as mais comuns em resinas de polietileno, polipropileno e em borracha, havendo a possibilidade de fornecimento do composto na forma natural, preto ou colorido, buscando atender às necessidades do mercado de fios e cabos. Utilizando processos de alta tecnologia, a Karina oferece compostos com aditivos antichama e aditivos especiais.

A Karina fabrica compostos de PVC para serem utilizados na fabricação de cabos para o setor de energia, telecomunicações e automotivo de acordo com a necessidade específica de cliente e norma.


Download

Karinpex® são compostos a base de polietileno que possibilitam ter sua flexibilidade modificada conforme necessidade do cliente/ especificação, composto este reticulável quimicamente pelo processo Sioplas® utilizado amplamente em isolamento e cobertura de fios e cabos elétricos.O processo de reticulação confere ao polímero melhora em suas propriedades térmicas e mecânicas.

O composto associado ao máster catalisador oferece características únicas ao produto final, tais como:
Resistência ao trilhamento elétrico, Resistência ao intemperismo (UV), Resistência a chama entre outras características exigidas nas mais diversas normas nacionais e internacionais, aplicadas nos mais distintos tipos de cabos.


Download

 

Karintox® são compostos termoplástico, anti-chama, livre de halogênios, com baixa emissão de fumaça e gases tóxicos. Destinado à aplicação em fios e cabos, conhecidos comumente como SHF1 ou LSZH/A amplamente utilizado em isolamento, enchimento, capa interna ou cobertura desenvolvido para atendimento as normas de fios e cabos, entre elas a NBR 13248. Este segmento de compostos tem crescente utilização em aplicações onde se faz necessário características diferenciadas frente a resistência a chama e emissão de gases ácidos durante uma situação de incêndio, por exemplo, estas características são de extrema importância para o ambiente onde cabos são instalados.


Download

 

Compostos a base de polietileno ou polipropileno aditivados para atendimento aos mais rigorosos requisitos técnicos normativos para o mercado de fios e cabos elétricos.

Destacamos as seguintes resinas utilizadas na fabricação de nossos compostos especiais:

  •  Polietileno de Baixa Densidade (PEBD)
  •  Polietileno de Média Densidade (PEMD)
  •  Polietileno de Baixa Densidade Linear (PEBD-L)
  •  Polietileno de Alta Densidade (PEAD)
  •  Polipropileno (Copolímero, Randon)

Utilizando como base resinas selecionadas para atender e garantir as necessidades dos clientes e suas normas, podendo ser agregado aos compostos diversas características, tais como:

  •  Resistência a chama
  •  Resistência ao intemperismo (UV)
  •  Resistência ao stress cracking
  •  Cores diversas seguindo os mais rigorosos padrões de cor (Pantone, RAL e Munsell)
  •  Melhora significativa de processamento


Download

“EKO” (Fonte Renovável)

Focado em sustentabilidade e química renovável, os compostos poliolefinicos denominados “EKO”, são obtidos a partir do etanol da cana de açúcar. Além de ser de origem renovável, ele é 100% reciclável e não contribui para o aquecimento global. Focado na fabricação de fios e cabos, a sua constituição é exatamente igual ao polietileno comum, garantindo assim todas as propriedades físicas e químicas do plástico convencional de origem fóssil.
Caminhando junto com este avanço tecnológico a Karina dispõem dos seguintes produtos:&nbsp

– karintox® Natural EKO;
– karintox® Preto EKO;
– karinpex® EKO XLPE; – Composto PEBDL Preto EKO FC (TC-L EKO);
– Composto PEAD Natural EKO FC (TC-A EKO);
– Composto PEAD Preto EKO FC (TCA-A EKO).


Download

 

A geração de energia fotovoltaica tem evoluído a cada ano no Brasil.
Esse crescimento acelerado é verificado tanto na geração centralizada (usinas de grande porte) localizadas em grandes áreas ligeiramente afastadas dos centros de consumo, quanto nas mini e micro gerações, localizadas junto aos centros consumidores, como:

Telhados de residências
-Prédios
-Hospitais
-Indústrias

Visando o atendimento as necessidades deste segmento e em parceria com os fabricantes de fios e cabos elétricos, a Karina Plásticos desenvolveu o composto karinvolt® para atendimento as necessidades deste mercado.
A linha karinvolt® compreende em compostos termofixos, anti-chama, livre de halogênios, com baixa emissão de fumaça e gases tóxicos. Destinado à aplicação em cabos, conhecidos comumente como fotovoltaicos, amplamente utilizado em isolamento e cobertura para atendimento as normas ABNT NBR 16612.
A associação deste composto ao master catalisador HP, oferece características únicas para o atendimento aos mais rigorosos ensaios das normas acima citadas, Tais como:
Resistência Térmica (120°C/ 20.000 h);
Alongamento a quente ( 200°C);
Resistência a chama.


Download

 

Também conhecidos como blindagens eletrostáticas, são materiais semicondutores que envolvem o condutor elétrico com a finalidade de alinhar e confinar o campo eletrostático, onde a presença do composto semicondutor é de fundamental importância para a uniformização das linhas de campo elétrico radial e longitudinal, pois devido a irregularidade superficial dos fios do condutor, estes provocam uma distorção do campo elétrico, que acabam criando gradientes de tensão em determinados pontos.
Onde para se manter a uniformidade das linhas de força radiais e longitudinais, na superfície interna do dielétrico, deve-se revestir o condutor com um composto não metálico, que faça um íntimo contato com este e com a superfície interna da isolação, eliminando assim os espaços vazios que são responsáveis pelo processo de descargas parciais, cujo resultado é a destruição da isolação, podendo ocasionar perfuração da mesma.
Do ponto de vista elétrico, pode-se considerar que a blindagem semicondutora interna do condutor converte a superfície irregular dos cabos em superfície cilíndrica praticamente lisa, melhorando assim a distribuição do campo elétrico, como ilustrado nas figuras abaixo.


Download

 

 

Karina Plásticos